O que muda aos 30?

Meninas e Meninos

Hoje eu faço 30 anos! E estou refletindo muito sobre essa minha nova fase dos “intas” que eu sempre escutei que fosse como se virasse uma chavinha, mas o que muda aos 30?

Eu vou dividir com vocês algumas das mudanças que eu venho percebendo…rs

* Você não tem controle sobre coisas que não são controláveis: Até um tempo atrás eu queria ter controle sobre tudo e achava que tinha esse falto “controle”, mas com o tempo você percebe que algumas situações ou acontecimentos não temos controle. Sobre o tempo, sobre as pessoas. Então não fique desesperada se o imprevisto ou não controlável acontecer , se adapte.

* Pequenos detalhes: Você passa a dar mais atenção as pequenas coisas. Como ter um recadinho de carinho do marido no meio do dia, uma flor que você tem no seu jardim e que floril e está linda, parar para pensar e observar as pessoas e os momentos. Coisas que quando você é mais jovem não para para olhar porque esta muito agitada para isso.

* Equilíbrio : Você perceber que tudo que é demais faz mal sim! Então passa a buscar mais um equilíbrio entre trabalho, família, hobby e principalmente entre corpo e mente.

* Questionamentos: É uma fase de muitos questionamentos. Se esta solteira vem o questionamento se vai ter um parceiro, se vai aumentar a família ou não, se quer se manter no trabalho atual ou não. Mas ao mesmo tempo que se questiona muito vem uma coragem maior para fazer mudar se achar necessário.

* Nada é para sempre: O para sempre não existe. Tudo que pode estar/ser hoje, pode sim mudar amanhã. Então não se preocupe com o sempre mas sim com o agora.

* Você pode mudar de opinião: Sim! Você pode mudar de opinião, de preferências a todo momento. Você não precisa ter uma opinião ou gostar de algo hoje e ter que morrer do mesmo jeito. Podemos mudar sempre que achar que faz sentido para você.

Tudo isso venho descobrindo com os 30 anos, mas não é exclusivo da idade e na verdade de uma questão de auto-conhecimento, de amadurecimento e claro que isso vai se adquirindo com as experiências vividas.

Mas o mais importante e queria ter aprendido isso antes! Viva cada fase da sua vida com a idade que se tem naquele momento e se respeitando. Não queira crescer rápido demais ou ficar em uma infância eterna( porque se manter “infantil” tem muitos aspectos ruins).

Bom, então que venha os 40 hahahaha:)

Quem mais ai compartilha dessa mesmo opinião e fase? Compartilhe, comente e curta!

Beijao

Nanda

 

Anúncios

Pensamentos: Porque nos tornamos descartáveis?

Olá Meninas e Meninos

Hoje venho com mais um dos textos para o tópico Pensamentos aqui do blog! E diante de algumas rotinas e situações que vivo e tenho certeza que vocês devem vivenciar também. Fiquei pensando…no quanto nos tornamos descartáveis nesses novos tempos e modos de vida.

Vivemos um modo de vida, onde objetos são comprados e descartados com muita facilidade. Não há muito tempo atrás comprávamos uma TV, um computador , um celular com muito custo e quando conseguíamos comprar, ele devia durar muito e buscávamos por conta disso olhar todas as características antes de decidir pela compra. Qualidade x defeitos e à aquisição era feita com tanta satisfação de ter conseguido. Hoje, não e assim. As pessoas compram porque esta na “moda” e 3 meses depois se lançam um novo e aquele já fica ultrapassado e é descartado. Isso é o que acontecem com as coisas,certo?!

Errado! Esse modo de tratar as coisas, também tem sido o modo de tratar as pessoas. Vejo pessoas adquirindo ” amigos” , “namorados(as)”  descartáveis. Pois não se preocupam em analisar com calma as características, ver qualidade x defeito e saber como lidar com isso. Simplesmente deu defeito, descarta e troca-se por um ” modelo” novo ou que não apresente os defeitos que o antigo já apresentava.

Pessoas não são coisas! Cada um tem um jeito de agir , de pensar, de se expressar . Lógico, se algo de faz mal deve conversar e analisar juntos, mas dar uma chance para que as coisas passem a ser resolvidas, não descarte pessoas da sua vida como se fossem descartáveis. E agora vem aquela voz da consciência na minha cabeça e diz ” Mas Fernanda não é porque você acha isso errado é que todo mundo deve achar o mesmo” Eu sei! Não deve mesmo, cada um faz aquilo que acha melhor e o que seus valores lhe mostram. Mas quero manter meus antigos ” objetos queridos” comigo mesmo quando derem defeito e os novos vou aprender a consertar.

Um dia eu admirada com uma amiga. Falei : ” Nossa fulana, como você consegue manter amigos por mais de 30 anos” . Ai observei que todo início de ano ela pegava sua agenda fazia etiquetas com nome de todos e ligava para cada um no dia do aniversário! ( por sorte minha estou nessa listinha rsrs).E foi com esse exemplo que eu vi a resposta. Ela adicionava os novos, mas mantinha todos os anteriores lá com a mesma importância.

Nesse mundo corrido que vivemos, sei que muitas vezes podemos deixar passar um detalhe ou outro, mas são nas pequenas coisas que moram as coisas que importam e que não podem ser descartadas.

Esse texto eu dedico aos meus amigos(as)! E que mesmo não estando tão perto quanto gostaria. Queria dizer que estão aqui guardadinhos e nunca foram descartados por mim, sempre lembro e visito em memória por vcs!

Beijão e tenham um ótimo feriado!

Nanda

 

Pensamentos: Cinquenta tons de cinza.

Olá Meninas e Meninos

No próximo dia 12 Fevereiro, será a estréia do filme Cinquenta Tons de Cinza que é baseado da trilogia escrita pela inglesa E L James. Esses livros foram realmente um fenômeno de vendas e de fãs(a maioria dos leitores foram mulheres).

Assim como agradou muito,também teve pessoas que criticaram muito, principalmente o público masculino e os fãs de literatura disseram que não se tratava de literatura ou só mais uma versão mais atual de Sabrina. Bom, eu comprei os livros e os li e vou dizer o que me passou e talvez alguém se identifique e os meninos talvez entendam porque muitas mulheres se renderam a leitura desses livros.

A princípio decidi somente ler porque todas estavam comentando. Mulher é facilmente influenciada por outras…rs e também extremamente curiosa! Mas realmente de cara você já vê um apelo sexual bem grande. Só que ler cada linha desse livro e imaginar as situações e essa relação me excitava de fato. Porque diferente dos homens, as mulheres precisam de incentivos e estímulos para que possa se entregar ao ato sexual e a leitura do livro muitas vezes estimulava a imaginação e o fato de pensar em sexo mais vezes durante o dia pode preparar a mulher para desejar o sexo com os seus parceiros.

Agora pensem os meninos em que suas mulheres leram os livros, provavelmente devem ter tido uma frequência melhor das relações durante esse período da leitura, não foi?rs.

Para as meninas com certeza houveram mais entregas a este momento ou até algumas idéias com as leituras.

Mas quanto a submissão? Bom, não sou fã desse tipo de relação, mas eu acho que o que é de comum acordo do casal, não há nada de errado! Mas uma coisa eu parei para pensar. Muitas e muitas vezes, deixamos de ser “mulheres” com os nossos parceiros, porque estamos buscando ser feministas e admitir jamais que ele exerça seu papel de “homem”. Esta na nossa natureza ser cortejada e atraída pelos homens que nos conduz de certa forma, mas nós perdemos isso nas lutas feministas durante a história e hoje somos tão independentes que nos esquecemos de ser mulheres durante a relação e queremos dominar tudo e ter controle. Lógico, que a relação tem que ter respeito acima de tudo.

Também tem a relação com o fato de as mais duronas que não se dizem românticas acabarem se entregando a “fantasia” de que lá no fundo ainda pensa em um príncipe encantado e Grey é a figura moderna desse homem que conquista, que se dedica a mulher que quer ter.

E nas minhas observações, percebi que todos nós muitas vezes nos escondemos atrás de personagens para não mostrar traumas ou as fraquezas, são defesas para que possa ter controle de tudo, ou pelo menos que pense que tenha que é o caso de Christian Grey. Durante a leitura você vai descobrindo que ele nem é tão perfeito como parecia no começo.

Bom, acho que isso responde um pouco para os meninos que não entendiam o porque suas mulheres leram esses livros. No final você percebe que a parte sexual é só um detalhe, porque mulheres são mais profundas do que simplesmente pensar em sexo e praticá-lo. Por isso é necessário conquistar suas mulheres todos os dias e os mesmo para as mulheres que deixaram a dedicação a esse momento de lado.

Polêmico esse assunto, mas foram minhas observações sobre o que percebi durante a minhas leituras e não precisa compartilhar da mesma opinião e sim respeitar a minha. Não é uma crítica literária, por isso decidi em deixar na categoria dos pensamentos.

Beijão

Nanda

Jardim Secreto: Livro de Colorir e Antiestresse

Olá Meninas e Meninos

Hoje a dica é de um livro que tenho amado colorir e viajar na minha criatividade, que é o Jardim Secreto da Johanna Basford, por isso gravei um vídeo contando tudo que eu estou achando sobre ele e se realmente vem me ajudando a liberar o estresse do dia a dia.

jardimsecreto

Vejam o vídeo em HD para melhor imagem.

Espero que tenham gostado, se sim, por favor curta e compartilhe.

Beijão

Nanda

Último pensamento de 2014!

Olá Meninas e Meninos!!

É isso ai! Esse é o meu último post de pensamento de 2014! Já falei para vocês como nascem esses posts, não falei? Esses são os posts mais espontâneos que eu tenho aqui no blog, porque eu simplesmente sinto vontade de escrever , ligo o computador e escrevo direto no blog e muitas vezes nem mesmo edito( risos), ou seja, a besteirada que sair aqui , vai para o blog direto para que posam ler! 😛

Mas eu acho que talvez por isso seja o post mais eu e por isso mesmo faço questão de mantê-los aqui! Esse post de hoje eu estava fazendo alguns levantamentos de fotos no facebook pessoal e do blog e parei para pensar…

Poxa, por que será que nossa memória é tão imediatista? Por que é tão curta? Vivemos em uma busca constante pelo que ainda não temos que esquecemos de comemorar as vitórias, não é mesmo? Mas ” fusar” no meu Facebook de fotos desse ano, me fez perceber quantas coisas e momentos vivi nesse ano. Eu até semana passada estava falando que não fiz nada nesse ano e que foi um ano muito difícil. Bom, de fato teve momentos bem difíceis, mas nada que não pudessem ser superados, porque nunca estava sozinha.

2014 foi o ano para descobrir uma nova Fernanda ou Nanda(risos). Foi o ano em que eu de fato tirei do papel o blog, que só vem crescendo, não é nenhum estouro de visualizações e nem o maior, mas com ele eu pude conhecer pessoas maravilhosas, aprender a lidar com situações que nunca tinha vivenciado, novas experiências. Aprendi a pesquisar as coisas mais a fundo, ir atrás de descobrir como se faz tal coisa. Criei um canal no Youtube!! Tá para acreditar? Eu sou super tímida, acreditem. E eu superei essa barreira também de me expor mais sem pensar que não deveria fazer por medos de críticas. Foram tantas conquistas e tantas acontecimentos, tantos novos parceiros nacionais e internacionais, pessoas me abordando e elogiando meu trabalho como blogueira. Aii, só felicidade!

Foi o ano que me descobri como Maquiadora, que ama o que faz! Fiz cursos, investi, me especializei para levar melhores informações para o blog e para minhas clientes, meus alunos queridos. Tenho muito o que aprender, mas quem não tem?

Enfim 2014, foi o ano das descobertas! Muitos criticam as redes sociais e falam que é um “vício” que distancia as pessoas. Mas revendo minhas fotos eu tenho certeza que é justamente ao contrário. Todos os momentos em que você está curtindo com seus amigos, amor e familiares, você quer registrar e postar. Então, eu lhe faço uma sugestão! Faço o mesmo que eu, entre no seu Facebook e veja mensagens, fotos e crie  essa sua retrospectiva para que possa analisar os momentos felizes que viveu nesse ano.

Queria muito aproveitar para agradecer as(aos) minhas(meus) leitoras(os) fiéis, por estar comigo esse ano! E por vocês que eu escrevo todos os dias e preocupo em produzir material de qualidade para que possam ler.

Aos parceiros do blog, que confiaram e acreditaram no meu trabalho!

Que todos tenham um Feliz Natal e que venha 2015 com muitas novidades e muito trabalho nesse espaçinho que é só nosso!

Beijão e gratidão!

Nanda

Porque é mais fácil culpar o outro!

Olá Meninas e Meninos

Refletindo sobre a vida, nascem os pensamentos que acabo digitando aqui para vocês. E hoje fiquei refletindo sobre porque culpamos o externo por tudo que acontece com a gente?

Falo SIM com a gente, porque duvido que você ser humano que erra, que tem medos, que tem conflitos nunca tenha feito isso.

Sempre quando algo acontece em nossa vida não assumimos que tivemos nossa parcela ou total culpa sobre aquilo?

Se seu casamento acabou, foi porque “fulano” não foi um bom companheiro ou uma boa companheira, não te respeitou, não era carinhoso(a). Mas você já pensou para pensar que você pode não ter sido tão carinhoso(a), pode não ouvi-lo(a) ou simplesmente parou para pensar que realmente não tenha culpados e não havia mais o que foi o que unia vocês até então?

Se um projeto, emprego, tarefa não está legal porque seu colega de trabalho não tem comprometimento, não ficou legal porque você tem que fazer tudo sozinho. Mas será que você deixou outras pessoas participarem? Delegou? Confiou? ou simplesmente assuma sua parte e se coloque que se era para um grupo fazer você também sua responsabilidade no resultado final.

Mas eu sei não é fácil olhar para você, para seus erros e assumir seus defeitos e é muitas vezes por isso que é mais fácil colocar a culpa no outro.

Isso vai te confortar, como se estivesse dizendo a você mesmo que não é culpa sua, foi o “fulano” então coloca no fundo da gaveta aquele momento de olhar para o que é você.

Então vou lançar um desafio. Antes de julgar, ou ficar achando um culpado. Pare e pense qual foi a sua responsabilidade no que aconteceu com você. Mas “pegue” só o que te pertencer.

Uma ótima semana e fique com esse pensamento.

” É melhor perceber um defeito em si mesmo do que dezenas no outro, pois o seu defeito você pode mudar”. Dalai Lama

Não sou psicóloga, também tenho defeitos, mas tenho pensamentos e opiniões que podem ser os seus ou podem servir para que possa refletir também, por isso não são direcionados e nunca serão.

Beijão

Nanda

Pensamento: Errar é humano!

Olá Meninas e Meninos!

Lá vamos para mais um post sobre os meus pensamentos! Outro dia ouvi aquela frase ” Errar é humano!” Ai me veio a cabeça. Poxa, se errar é humano e somos humanos , porque a humanidade está tão intolerante com os erros?!

Tenho visto mais e mais pessoas se cobrando a perfeição, imposta pela sociedade, pelas empresas, pela mídia. Onde errar não é mais humano! Portanto viramos robôs?

As pessoas(seres humanos) não perdoam o erros alheios e pior ainda não aceitam nem ao menos que elas mesmas errem. Eu mesma cai inúmeras vezes nessa armadilha, me incluo sim. E desafio a pessoa que está lendo a pensar se você tem sindo assim também?

Quantas vezes ouvimos as pessoas falarem…Nossa “fulano” errou no relatório para o chefe…ai tá ferrado! ou Ai errou o caminho, entrou na minha frente no trânsito: Putz é “barbeiro” ou se for mulher coitada…(risos) ….ai piora tudo! E logo vem uma chuva de buzinaços.

Também acontece a cobrança da perfeição da própria pessoa:  Meu Deus, eu errei, como não vi antes, deveria ter olhado melhor! Não posso errar!!( Eu já fiz isso várias vezes( risos) .

Vamos parar assim como estou fazendo nesse momento! E vamos pensar se é isso que queremos para as nossas vidas… Queremos intolerância? Vamos nos privar de tentar só porque ” não podemos errar”?

Tenho visto pessoas adiando coisas que gostariam de tentar e eu mesma ainda tenho meus medos e minhas inseguranças quanto a isso. Mas vamos pensar enquanto isso pode estar te travando.

Eu vi essa frase da Ana Carolina, que faz todo sentindo com o que estou trazendo nesse texto.

frase-o-medo-de-errar-nos-faz-errar-a-vontade-de-tentar-nos-faz-conseguir-mas-somos-tao-egoista-com-ana-carolina-96306

Faça um compromisso diário com você mesmo e se possível aplique na forma de tratar com os erros dos outros também. De tentar e se permitir errar, porque ” Errar é humano! E até onde sei, ainda somos humanos!

Como de costume nesse post…lá vai um sonzinho para curtir e refletir!

Beijão

Nanda

 

Pensamentos: Porque se culpa?

Olá Meninas e Meninos

Sempre que escrevo aqui não fico pesquisando se está certo ou errado e para confessar poucas  as vezes com exceção de quando estou mencionando algum artigo, livro ou dados estatísticos eu reviso meu texto.

Sabem porque? Para não desistir de publicar! Para não ficar buscando defeitos na minha escrita ou me culpando porque isso pode atingir as pessoas ou pode parecer algo pessoal demais.

Quer saber? PARE! Pare de se ” podar”. Se você faz o mesmo com você e esta se identificando com esse texto. Pare, não faça isso com você, não se culpe!

Muitas vezes eu escuto: ” Nossa, agora você fica em casa?” algumas mais ousados até comentam ” Poxa, agora você tem tempo sobrando, só fica em casa” . E muitas vezes eu fiquei justificando, explicando para a pessoa que eu na verdade tenho muitos trabalhos e me sentindo culpada por não sair da minha casa todos os dias e buscar um trabalho que seja mais visual para as pessoas, ou seja, um trabalho em que as pessoas me vejam naquele local 8 horas por dia com 1 hora de almoço.

E somente agora depois de alguns meses estou aprendendo a lidar com isso! Parar de me culpar por trabalhar em algo que não é convencional.

Não posso me culpar por estar me conhecendo, não posso me culpar por ter feito uma escolha que a maioria das pessoas podem não entender. Não posso me culpar por buscar um trabalho que me faz me sentir feliz.

Se você trabalha em casa ou aquela mulher que decidiu ficar em casa e dar valor a família e acompanhar de perto o crescimento e desenvolvimento dos seus filhos! Não se culpe por algo que a sociedade impôs a você. Se faz o que lhe dá prazer e que lhe faz feliz! Pegue isso para você, tenha em mente que tem o seu trabalho e que não precisa dar satisfações de algo, não fique se justificando para você mesmo(a), porque quando você diz ao outro quanto você trabalha, esta tentando se auto-afirmar.

Busque se conhecer melhor, busque saber quem você é nesse grande universo!

Se você  ficou aqui até agora para ler esse texto, deixe a sua experiência, sua opinião! Quero ler mais textos como esses?

Fiquem bem!

Beijão

Nanda

Pensamentos: Escolhas!

Olá Meninas e Meninos

Já faz um bom tempo que não venho expor algum dos meus pensamentos, não é mesmo? Mas eu andei refletindo muito nesses últimos dias sobre alguns acontecimentos na minha vida e achei interessante dividir com vocês algumas das respostas que eu encontrei viajando por meus pensamentos.

Porque pode ser que entre os meus pensamentos perdidos( porque que eu imagino que eu sempre que estou perdido neles!) pode ter alguém mais se questionando, se analisando, tendo a coragem de olhar para si mesmo.

E o assunto vão ser as ESCOLHAS! Já repararam quanto tempo de nossas vidas estamos fazendo escolhas? O tempo todo! Desde que passamos a nos entender como “gente” e conseguimos nos expressas, passamos a fazer escolhas.

Mas ai que mora o grande desafio! Que escolha devemos fazer? O que vai ser melhor? E quais as consequências essas escolhas vão ter?

As escolhas envolvem tantas coisas. Envolvem medos, fraquezas, coragem, opiniões alheias e tantas outras coisas. Mas uma vez tomada a sua escolha naquele momento e naquela situação, assuma tudo o que vem com ela. Mas o mais importante é que a escolha tomada seja seguindo um respeito com a sua pessoa, com o seu ser. Não fique se vitimando pelos danos da sua escolha. Eu falo isso porque fiquei muito chateada pelas coisas não ter saído 100% do jeito que planejei. E isso é uma outra pauta que seria muito interessante tratarmos. Mas depois lógico de sofrer, de me desesperar… (risos), foi quando me veio a cabeça, mas calma Fernanda olhe quantas coisas boas também vieram com as escolhas que você tomou. Sabia que toda as minhas escolhas teriam uma consequência, mas é sempre mais fácil culpar algo ou alguém ao invés de se auto- responsabilizar, não é mesmo?

E também se a vida e o mundo e praticamente tudo é feito de escolhas! Isso significa que as minhas escolhas de hoje precisam ser eternas para a minha vida. Eu posso fazer outras escolhas durante a minha vida e a escolha de hoje não precisa ser a escolha de amanhã e isso eu escutei de uma vídeo da Flávia Melissa e me fizeram refletir muito mesmo sobre o meu processo atual e tirou um peso de que ” olha a escolha que eu fiz não foi tão perfeita”. Porque afinal eu sou uma pessoa iluminada por tomar minhas decisões e fazer as minhas escolhas com consciência, porque quem não faz isso! Faz com que a vida e outras pessoas tomem as decisões ou escolhas por você.

Então pessoas, vamos fazer nossas escolhas e seguir com a vida!

1922503_792009537494337_1955402483_n

Beijão

Nanda!!

* O texto é de própria autoria com mensagens não direcionadas, somente pensamentos.

 

 

Resumão!!

Olá Meninas e Meninos

Eu resolvi que todo final da semana agora vou colocar aqui um resumão do que aconteceu, assim você não perde nada! Depois vocês me falam se gostam de receber esse tipo de post, ok?

Lá vamos nós!!

16-Fevereiro:

Pensamentos: Ser fiel ou real?

17- Fevereiro:

Acessórios da Jorge Bischoff

18- Fevereiro:

Super dica da Glambox Brasil

19- Fevereiro:

Testei: Paleta de sombras vintage da Vult!

Evento: Inauguração Valmari Estética Campinas

20-Fevereiro:

Receitinha: Suco rejuvenescedor!

Tutorial: Make Menta para o Carnaval- Especial “Confete e serpentina” do Blog Papo Glamour.

21-Fevereiro:

Testei: Kit sobrancelha Vult!

Fotos de destaque:

Um beijão e um ótimo final de semana!!

%d blogueiros gostam disto: